Homem de 49 anos foi preso nesta semana em Praia Grande, litoral de São Paulo.

Um homem condenado por ter cometido um latrocínio contra uma idosa de 79 anos em Bueno Brandão em dezembro de 2016 será levado para o Presídio de Pouso Alegre ainda nesta quarta-feira (22).

O homem foi preso na última segunda-feira (20) em Praia Grande, litoral de São Paulo.

A vítima era sogra do atual prefeito da cidade, Sílvio Félix. Paulo José Machado de Oliveira, de 49 anos, respondia em liberdade, mas teve o mandado de prisão expedido após a confirmação da sentença, de 23 anos e seis meses de prisão.

Ele chegou a ficar preso preventivamente na época do crime, mas foi solto pela Justiça.

Idosa de 79 anos foi morta em 2016 em Bueno Brandão Arquivo família Segundo a polícia, o crime aconteceu entre os dias 3 e 4 de dezembro no Centro de Bueno Brandão.

O homem esganou e agrediu a idosa Eni Furquim Costa RozaNova para roubar uma bolsa que tinha dinheiro em espécie, além de documentos e objetos pessoais.

A bolsa foi encontrada jogada em um terreno baldio uma semana depois. Conforme a denúncia, o homem prestava serviços para a vítima de pequenos reparos na residência e por isso tinha acesso ao local e a confiança da vítima.

A idosa morava com a filha, que é pessoa com necessidades especiais, mas que conseguiu contar às autoridades o que aconteceu.

Anúncios feitos pelo homem para serviços de "marido de aluguel", feitos em redes sociais, auxiliaram a polícia a encontrar o homem, já que ele não foi localizado no endereço que ele havia informado para a Justiça, em Atibaia (SP). Veja mais notícias da região no G1 Sul de Minas